Adaptação: um momento especial

Atualizado: 4 de fev.

A adaptação do aluno no Giusto é importante e recebe toda a nossa atenção. Por aqui investimos na parceria com a família para o desenvolvimento integral da criança de forma natural e feliz.


Nosso objetivo é que a adaptação aconteça de forma tranquila, com a presença dos pais enquanto for necessário para as crianças, construindo com os pequenos alunos uma relação de carinho, atenção e acolhimento.

Ambiente novo, pessoas desconhecidas, regras diferentes das que estão acostumados. O início da fase escolar - ou a chegada em uma nova escola - representa mais um passo para a independência. E é exatamente a forma como trabalhamos essa adaptação que garante aos pais e responsáveis a confiança e tranquilidade necessárias para um bom desenvolvimento da criança em seu novo ambiente.


7 dicas para facilitar a adaptação escolar das crianças

A primeira escola ou a mudança de escola são acontecimentos inevitáveis. No entanto, para muitas crianças, pode ser algo doloroso e é preciso que os pais sejam parceiros da escola nessa adaptação escolar. Pensando nisso, preparamos uma lista com algumas dicas para você. Afinal, para muitos esse processo acaba sendo mais doloroso para os pais do que para os próprios filhos.

1. Faça a mudança parecer gradual Se a criança está mudando de colégio, já comece a conversar com ela sobre essa transformação. Façam juntos o futuro caminho até ela. Se a nova escola for em uma nova cidade, aprendam juntos sobre essa nova experiência.Os pais podem acessar fotos no site e mostrar ao aluno imagens da nova escola para que possam se familiarizar.

2. Atenção à rotina! A rotina é uma das percepções mais importantes dos pequenos. Para crianças mais novas, é importante que ela seja o menos afetada possível.

A rotina proporciona conforto e segurança. Se um ambiente novo é introduzido em uma rotina já conhecida, o impacto percebido é bem menor. Para crianças um pouco mais crescidas, o importante é envolvê-las em todos os processos, seja arrumar a mochila para a nova escola até separar o uniforme novo no dia anterior. Participar dessas atividades junto com os pais faz com que a criança se sinta cuidada e, principalmente, parte de tudo isso.

3. Transforme a “hora de dar tchau” O momento crucial durante a adaptação a uma nova escola é a despedida em si. Mostrar confiança na nova escola, em seus educadores e na decisão de mudança é algo que a criança percebe. Deixe bem claro que essa situação não é deixar algo para trás, mas a oportunidade de encontrar coisas pela frente: novos amigos, novas brincadeiras, novas aventuras.

4. Adapte-se também O choro na entrada da nova escola pode acontecer e, com isso, os pais sofrem com a ansiedade ao longo do dia para saber se está tudo bem. Pensar em pequenas distrações para quando isso acontecer pode ajudar bastante. Sempre que bater a ansiedade, que tal ouvir aquela música favorita? Outra coisa importante: conheça e se envolva com a comunidade de pais e professores da nova escola. Conheça o ambiente, os responsáveis pelas crianças dentro da escola e fora dela.

5. Demonstre interesse… Se mostrar interessado pelo novo ambiente demonstra segurança à criança. Faça perguntas variadas. Faça mais perguntas sobre o tema que pareceu deixar seu pequeno mais animado ao responder. Outra coisa importante: preste bastante atenção às respostas evasivas ou quando a pergunta não tem resposta alguma. Aí podem estar os pontos problemáticos da experiência da criança no novo colégio.

6. … E abra espaço para a criança

Quando o assunto vier à tona, reforce os aspectos positivos: o crescimento, o amadurecimento, a possibilidade de fazer novos amigos, novas aventuras. Puxe conversa sem forçar ou coagi-lo a responder. Abra espaço para que demonstre seu desconforto, se ele existe, sem o medo de sofrer represálias. Esse canal aberto de diálogo é algo que não se constrói da noite para o dia, mas é fundamental que você e seu filho estejam em sintonia nesse momento de transição. Outro aspecto importante: mantenha sua palavra. Pode parecer algo óbvio, mas isso envolve atitudes bastante delicadas e a mudança de coisas que acreditamos fazer bem para a criança. Não se atrasar para buscar o filho na escola é uma dessas atitudes. Evitar também o “Eu já volto pra te buscar” na despedida é interessante; isso gera expectativas que podem ser diferentes do itinerário real.

7. Não associe a escola a algo ruim A experiência dos alunos com a escola pode até ser boa, mas pequenas associações ao longo do tempo podem mudar isso.Já ouviu algum pai/mãe, ou até você mesmo, usar aquela antiga ameaça diante de uma birra na saída da escola: “Se você continuar fazendo birra, vou te deixar aqui”. Percebeu que assim a escola vira um castigo? Uma outra coisa que pode ter efeitos negativos é associar elementos ligados à experiência de ir à escola com castigos ou punições. Isso tem bastante força, por exemplo, com crianças que mudaram de período escolar, que passam a acordar cedo. Já pensou se, além disso, uma punição envolve acordar mais cedo no final de semana?

Cada mudança na vida das crianças é recebida de forma diferente. É impossível prever quando a resposta será tranquila ou vai demandar um pouco mais de atenção e carinho.O mais importante, no entanto, é sempre proporcionar em casa um ambiente de segurança e acolhimento, em que a criança possa se expressar e que as mudanças internas decorrentes das mudanças externas possam ser apresentadas e, caso positivas, cultivadas ou, caso negativas, trabalhadas.

Com informações do Blog Leiturinha





Alunos protagonistas e prontos para criar grandes oportunidades.

Somos a melhor escola do eixo Raposo Tavares, na região do Butantã e Granja Viana, para os estudantes e suas famílias. A educação integral do indivíduo (social, afetivo, físico, intelectual e cultural) tem o poder transformador na sua vida pessoal e na sua vida em sociedade para a construção de um mundo mais humano nas relações interpessoais e mais consciente nas suas escolhas.

Nossa prática norteia o respeito, a responsabilidade, a empatia, a ética, a inteligência emocional e o compromisso social.

Fale conosco e venha para o Colégio Giusto!


18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo