História do Natal pelo mundo

Atualizado: 24 de jan.

No GIUSTO, essa tradicional festa foi abordada na aula de espanhol, onde os alunos puderam mergulhar nesse Universo de magia e religiosidade.


Conhecer outras culturas nos torna mais empáticos com as diferenças, nós ajuda a compreender as adversidades e desmistificar velhos preconceitos.

Postamos em nossas redes sociais mais conteúdo desenvolvido em sala de aula nas aulas de espanhol. Corra lá pra ver e curtir. Por aqui, resolvemos reunir as curiosidades sobre essa tradicional festa ao redor do mundo e aprender as semelhanças e diferenças com o Natal brasileiro.


Você conhece a história do Natal?

A comemoração religiosa do Natal só foi iniciada no século IV quando o Papa Júlio I levou a cabo um estudo intensivo sobre a data de nascimento de Jesus Cristo e acabou por estabelecer oficialmente o dia 25 de Dezembro para as celebrações. Durante os três primeiros séculos da nossa era, os cristãos não celebraram o Natal. A festa do Natal foi introduzida na Igreja Romana no século IV e, somente no século V, estabelecida oficialmente como festa cristã. Uma das tradições mais marcantes do Natal é a Árvore de Natal. O mundo inteiro comemora o Natal, sendo que todos possuem maneiras próprias de comemorar.



Natal na Itália

O Natal é uma data muito esperada pelos Italianos. Durante esse período as pracinhas das cidades são decoradas com luzinhas e enfeites de Natal. Os presépios, os festejos nas praças e as feirinhas natalinas são uma forte tradição na Itália. ... Na mesa de Natal italiana é comum encontrar muito peixe.

Natal na França Tudo começa no Avent (Advento, em português). Ele corresponde às pequenas celebrações, que vão do primeiro dia de dezembro até o dia de Natal na França (25/12). Normalmente, são devidamente marcadas num calendário ricamente decorado com temas natalinos (le calendrier de l’Avent) e caixinhas que guardam chocolatinhos.

Natal no Japão O Natal no Japão é desvinculado da religião. Uma das principais diferenças é que essa data do ano é vista como um feriado para os amantes, ao invés de ser um motivo para reunir-se com a família (as famílias tradicionalmente reúnem-se no ano novo). É comum os casais planejarem um encontro romântico, como jantar em um restaurante especial ou passear pela cidade para ver as iluminações.

Natal no Uruguai Assim como no Brasil, no Uruguai as cidades também ficam muito iluminadas e decoradas com enfeites natalinos. Ao longo de praticamente todo o mês de dezembro você se deparará com os restaurantes, bares, ruas, baladas e pontos turísticos repletos de árvores de Natal, papais-noéis, estrelas, sinos e outros artigos.

Natal no Egito Os cristãos coptas seguem um calendário diferente do que, digamos, os católicos romanos. Para os coptas, o Natal cai no dia 29 do mês Koiak, que se assemelha ao dia 7 de janeiro no calendário gregoriano (e no dia 25 de dezembro no calendário juliano). O calendário copta é baseado no calendário solar usado no antigo Egito. Em qualquer caso, o importante a lembrar é que o Natal no Egito é celebrado no dia 7 de janeiro.

Durante o mês que antecede o Natal, há um ritual tradicional que eles fazem. Aos sábados se unem para cantar louvores, aos domingos vão a missa bem cedinho da manhã e fazem jejum de qualquer alimento de origem animal que dura os 45 dias antes do Natal. No dia 6 de janeiro há uma missa noturna especial sobre o nascimento de Jesus, a principal missa é realizada na Catedral de São Marcos, no Cairo. No dia seguinte as pessoas se reúnem em casa para se deliciar com as tradicionais comidas natalinas, também trocam presentes e se deliciam com doces e biscoitos especiais.

Gostou? Se você conhece o Natal em alguma região que não citamos aqui, conte pra gente como foi a sua experiência.


Alunos protagonistas e prontos para criar grandes oportunidades.

Somos a melhor escola do eixo Raposo Tavares, na região do Butantã e Granja Viana, para os estudantes e suas famílias. A educação integral do indivíduo (social, afetivo, físico, intelectual e cultural) tem o poder transformador na sua vida pessoal e na sua vida em sociedade para a construção de um mundo mais humano nas relações interpessoais e mais consciente nas suas escolhas.

Nossa prática norteia o respeito, a responsabilidade, a empatia, a ética, a inteligência emocional e o compromisso social.

Fale conosco e venha para o Colégio Giusto!

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo