Hoje lavamos as mãos… mas nem sempre foi assim

Atualizado: Nov 3

Curiosidades sobre higiene, confira!


Educação e Saúde, elas andam de mãos dadas e por aqui sempre estivemos super atentos aos detalhes e bons hábitos, afinal a coerência entre teoria e prática / sala de aula e pátio é TUDO!

Chega a hora do intervalo aqui no Giusto e o ponto de encontro é a cantina, espaço tão acolhedor da nossa escola. Estamos atentos a higiene rigorosa e o distanciamento social, mesmo querendo aproveitar o tempo perto dos amigos, depois de tanto tempo longe.


Parece estranho, mas a higiene era tida como vilã da saúde. O banho foi proibido na Europa nos séculos 15 e início do 16, porque como a peste era invisível, os médicos não sabiam como é que ela penetrava no corpo. Então, recomendavam que se desenvolvesse uma grossa camada protetora de cascão, de forma que não fosse atingido pelos mesmos. Lembranças bizarras à parte, segundo dados da Organização Pan-Americana da Saúde e da Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS), 1/4 dos pacientes internados em países em desenvolvimento contraem infecções relacionadas à assistência à saúde. No Brasil, a ANVISA também alerta sobre o fato de a maioria das DTAs (doenças transmitidas por alimentos) resultarem da má higienização daqueles que manipulam os ingredientes no momento do seu preparo.




Mas o que segmentos distintos têm em comum e por que seus dados são tão preocupantes? Eles mostram como no Brasil, e no mundo, as pessoas ainda não sabem ou nem se importam com questões básicas de higiene pessoal. E, muitas vezes, por mera desinformação. Acha isso pouco provável? Será que você sabe o grau de importância de mãos bem lavadas? Confira abaixo 6 fatos que separamos sobre o assunto e faça sua autoavaliação.

6 FATOS SOBRE HIGIENE DAS MÃOS

1 – 80% das doenças transmissíveis são contraídas pelo toque Mas calma, não é necessário pânico. Ao se falar em toque, nos referimos principalmente sobre a manipulação de alimentos e o toque na própria boca, nariz e olhos. O contato de pessoa para pessoa dentro de transportes públicos, por exemplo, não é necessariamente uma via de transmissão. Mas tocar as próprias mucosas, se você está doente, e depois não higienizar as suas mãos antes de tocar o ambiente, isso sim faz de você um transmissor.

2 – A higiene correta das mãos diminui casos de diarreia em até 40% Essa informação é de extrema importância para as empresas que fazem qualquer tipo de manipulação de alimentos. É bom lembrar que a diarreia é a segunda maior causa de mortalidade infantil no mundo.

3 – A cada 15 segundos lavando as mãos, mais bactérias são eliminadas Para ser mais exato, a cada 15 segundos lavando as mãos, 10 vezes mais bactérias são eliminadas. Porém, o tempo médio que a maioria das pessoas passa lavando as mãos é de somente 10 segundos. Com um pouquinho mais de cuidado, a tranquilidade de todos seria maior.

4 – Antes de preparar alimentos e após utilizar o banheiro são dois momentos-chave. Essas são as situações mais críticas para se higienizar as mãos. Porém, apenas 20% das pessoas se preocupam em lavá-las antes do preparo da comida. E após usar o banheiro, somente metade dos homens e 75% das mulheres se lembram de fazer essa higiene. Preocupante, não?

5 – A maioria das bactérias estão em nossas digitais e debaixo das unhas E o número delas dobra após usarmos o banheiro. O problema é que a maior parte das pessoas lava as palmas das mãos e se esquece de todo o resto. Você mesmo: lembrou de limpar as pontas dos dedos e as unhas da última vez que lavou suas mãos?

6 – A higienização correta das mãos reduz o número de faltas

Tanto em escolas quanto em empresas, as porcentagens de faltas por doenças estomacais ou respiratórias diminuem consideravelmente quando a higiene das mãos é reforçada. Imagine o quanto isso significa para a produtividade de uma equipe e para o aprendizado de uma turma, quando todos são conscientes de que precisam se higienizar.

PREVINA-SE Conhecer fatos e números é um grande passo para conscientização e prevenção. Porém, só ser consciente não basta. É preciso ter atitudes! Seja em escritórios, fábricas, escolas ou instituições de saúde, cada um carrega a responsabilidade de cuidar de si mesmo e dos outros. Você, por exemplo, tem certeza que sabe lavar e higienizar as mãos?

Para não se esquecer, baixem no site da ANVISA a cartilha realizada em uma grande parceria entre a OMS, a OPAS e organizações responsáveis pela educação, controle e monitoramento da saúde no mundo. Fiquem atentos e compartilhem.


Alunos protagonistas e prontos para criar grandes oportunidades.

Somos a melhor escola do eixo Raposo Tavares, na região do Butantã e Granja Viana, para os estudantes e suas famílias. A educação integral do indivíduo (social, afetivo, físico, intelectual e cultural) tem o poder transformador na sua vida pessoal e na sua vida em sociedade para a construção de um mundo mais humano nas relações interpessoais e mais consciente nas suas escolhas.

Nossa prática norteia o respeito, a responsabilidade, a empatia, a ética, a inteligência emocional e o compromisso social.

Fale conosco e vem para o Colégio Giusto!

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo