Motivos para brincar na terra

Tá aí uma coisa que a gente valoriza MUITO por aqui… experimentar novas sensações e estimular todas as faixas etárias… Mexer na terra faz bem.


As mãozinhas que acariciam a terra, que plantam, que colhem.

Os alunos da Educação Infantil e do 1º ano do GIUSTO, brincam na terra, plantam na horta, colhem e se divertem. O fato é que a terra é um elemento que pode ter diferentes texturas e consistências, proporcionando várias formas de brincar. Brincar ao ar livre em contato com os elementos da natureza proporciona às crianças a sensação de bem-estar. Também pode ajudar a diminuir níveis de estresse, ansiedade e déficit de atenção.


Na medida em que brincam e interagem com aquele espaço, passam a conhecer melhor os processos naturais, entender como a natureza funciona e se reconectar com o ecossistema.


Veja porque brincar na terra faz bem pra saúde:


Diversão garantida! É a receita de uma infância feliz Estudos do Instituto Alana para a elaboração do manual “Benefícios da Natureza do Desenvolvimento de Crianças e Adolescentes”, em parceria com a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), mostram que experiências com a natureza, em companhia da família e dos amigos, é a receita para uma infância feliz. Médicos da SBP argumentam que a combinação entre família e natureza é ótima para a felicidade das crianças. Além de estreitar relacionamentos com pessoas que lhe deixam segura, também aprendem a explorar o meio ambiente.

Ajuda no desenvolvimento infantil O convívio com a natureza estimula a noção de corpo, de limite, de distância e de criatividade. O oposto ocorre quando há ausência desse tipo de brincadeira, o que pode acarretar em problemas psicomotores na vida adulta, como dificuldades para correr ou pular, ou transtornos mais graves causados pelo isolamento.

Estimula o processo criativo Crianças são naturalmente criativas. Como ainda não estão familiarizadas com tudo o que o mundo oferece, a imaginação dos pequenos corre solta. Os elementos da natureza são perfeitos para incentivar essas brincadeiras. Na mesma medida em que crianças constroem castelos na areia, também podem explorar a terra e descobrir novos mundos.

Desenvolve o pensamento crítico Ao brincar na terra, as crianças têm contato com o ar livre e se deparam com a ausência de regras pré-estabelecidas. Os pequenos têm oportunidade de, aos poucos, desenvolver o discernimento para entender o que lhes causa prazer ou não, o que podem fazer ou não. Além disso, o pensamento crítico também faz com que a criança possa, ao avaliar o ambiente em que se encontra, aprender a levantar hipóteses e a resolver questões.

Fortalece o organismo A exposição controlada a brincadeiras na terra torna os pequenos mais fortes e saudáveis, uma vez que o contato com os microorganismos da natureza ajudam no desenvolvimento de anticorpos. Assim, o organismo da criança se torna mais apto a combater bactérias e germes, o que aumenta a resistência dos pequenos às infecções.

Promove a conexão com a natureza É importante promover momentos em que as crianças possam brincar e interagir em espaços abertos, criando vínculos com a natureza – até para que aprenda a respeitá-la e a sua importância para o meio.

Atenção: Sempre que colocamos as crianças para se divertirem na terra, garantimos que estejam em locais limpos. Brincar na terra faz bem, sim!





1 visualização0 comentário